terça-feira, 15 de maio de 2007

Agregando Valores

5 moedas. 5 pequenas moedas. Sujas, limpas, arranhadas, lisas, foscas, brilhantes. Cada uma com sua história, com uma "vida" que a trouxe até aqui. Não foram esquecidas em algum lugar da história. Suas marcas revelam que chegar até aqui não foi fácil.
Desprezadas muitas vezes, não têm o privilégio de frequentar certos lugares, como os caixas eletrônicos, ambiente tão comum às suas primas notas. Poderiam fazer uma greve e reinvidicar seus direitos, gostaria de ver o que seria do troco, dos centavos que sobrariam de uma compra, será que as "superiores" notas poderiam substituí-las?
Olho torto para elas, mas o que farei se elas são a minha única companhia, juntas, tentam receber um valor superior, mas me desculpem, a greve não virá e vocês são e sempre serão as pequenas moedas, que mesmo juntas são incapazes de saciar minha vontade de comer.
Andemos e pensemos.

Texto produzido em um dos maiores centros comerciais de Curitiba, o Shopping Mueller, com milhares de pessoas consumindo e vivendo o capitalismo. E eu no meio disso tudo com apenas cinco moedas no bolso, que me fizeram pensar se fazia parte ou não daquele meio, triste não? Mas é exatamente isto que sentem os milhares de desabrigados que vivem pela rua olhando para nós, mas isto fica para outro post.

2 comentários:

PauloTarso disse...

Tsic...
o Lutz....deita !!!!

Tá perdido até agora no campo do BA....

Mais ele é fera!!!!!

Andre Luis disse...

Ok...só um teste!!!!